Tempo virado

Tempo virado
Questões de Francesca

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Pedido de desculpas

Peço desculpas às nenhumas pessoas que lêem esse blog. Esse curto, porém intenso período pré-vestibular tem me tomado mais do tempo que eu mesmo disponho.

Anuncio aqui, portanto, a minha volta ao meu blog.

Parte final de "Vitória do Pronome Possessivo"

Ela levantou-se e de pé ficou por alguns instantes. Preparava-se para sua saída, já sem temor de qualquer reação. Ele, no entanto, fez o mesmo movimento e, pela primeira vez no dia, subiu o olhar à mulher. Seus olhos vermelhos de raiva refletiam o ódio que sentia naquele momento.

- Feliz aniversário de casamento – proferiu sua voz rouca, sentenciando a última prisão.

Daquele silencioso ambiente ouviu-se o derradeiro estrondo e, antes que a mulher pudesse perceber, estava deitada ao chão, com a cor rubra a cobrir-lhe os seios. Ofegando naquele ar tóxico, sua mente desfocada procurava entender o que havia acontecido. Agarrou-se a qualquer sentimento de esperança, enquanto o escarlate do pecado envolvia-a por inteiro.

Enquanto assistia à vitória do mais poderoso e possessivo pronome, o homem pensava:

“Nunca foste livre. És, e sempre serás, minha.”

“Minha.”