Tempo virado

Tempo virado
Questões de Francesca

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Ah, esse estranho ato de amor

Muitos acham que, só porque eu incentivo todos a fazer, eu banalizo o sexo. É justamente o contrário, não acredito que haja alguém que valorize mais tal ato do que eu.

O sexo é a união perfeita de dois corpos, é a fusão completa de duas almas presas uma à outra pelo desejo, pela paixão.

É expressão plena do amor no mundo físico. É a demonstração de que, em um mundo com tantos erros e problemas, há espaço para a perfeição.

Repudio o sexo sem amor. Repudio a necessidade biológica do sexo. Para tal absurdo, existe a masturbação. Sexo não é algo que se faça por um, mas por dois.

Não pode haver egoísmo em uma relação sexual, cada um deve pensar mais no outro do que em si mesmo. Enquanto não houver equilíbrio entre o desejo de ambos amantes, não haverá prazer no ato.

Sexo é a materialização do amor. Amor é a filosofia do sexo.

Um comentário:

  1. amor ? amor é o momento. amor é sempre só um momento. enquanto você nã está pensando na pessoa, enquanto você não está com a pessoa. o amor não flutua em volta como uma alma penada em forma de coração. Acredito que o amor seja algo mais abranjente e inexplicavél que se manifesta de formas estranhas e incompreensiveis. O único sexo sem amor é o estupro. mesmo que não seja violento, sem amor é estupro. que tal chamar de masturbação conjulgal ? ... Eu aprovo a necessidade biológica pelo sexo. É aquele momento de amor instantâneo que torna o ato tão atraente. tirando é claro ... o prazer ao final. bom... comentário enorme. acabo aqui mesmo.

    ResponderExcluir