Tempo virado

Tempo virado
Questões de Francesca

terça-feira, 13 de abril de 2010

Aniversário

Estou escrevendo agora porque provavelmente terei preguiça depois.

Nesse sábado, farei dezessete anos. O que mudou em mim dos dezesseis para os dezessete? Qual foi o balanço dos meus dezesseis anos?

Primeiro: percebi o quanto eu sou novo. Antes achava que dezesseis anos já era alguma coisa, mas hoje penso que ainda sou uma criança. Isso é, no mínimo, frustrante.

Segundo: meus dezesseis anos foram a idade intelectual. Escrevi muito, li muito e me engajei muito. No final, comecei a cansar disso. Hoje, estou tentando (inutilmente) retomar essa característica minha.

Terceiro: Voltei a ter contato com meus amigos no final dos meus dezesseis anos, e ainda fiz muitos outros. Acho que conheci mais pessoas nos quatro últimos meses do que eu conheci durante toda a minha vida antes.

Quarto: Outra coisa interessante do final dos meus dezesseis anos foi minha mudança repentina de filosofia. Antes eu queria me afastar de tudo que fosse perigoso, hoje eu praticamente procuro o perigo. Hoje, tenho medo de não fazer algo e me arrepender depois. Antigamente, era o contrário.

Quinto: Relacionamentos. Tendo saído de um namoro no mínimo desgastante, hoje em dia tenho receio de começar um novo. Óbvio que continuo me divertindo, mas acho complicado passar disso. Aliás, minha horrível mania de me apaixonar não me abandonou, o que realmente me deixa furioso comigo mesmo.



Acho que esses cinco pontos definiram bem o que foram meus dezesseis anos. O que posso esperar dos dezessete?

Nenhum comentário:

Postar um comentário