Tempo virado

Tempo virado
Questões de Francesca

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Tristeza Póstuma

Navegamos no indefinido
Entre as ondas da incerteza
A tempestade do infinito
Antecipa a tristeza.

Caímos no subjetivo
Estranhando a certeza
De ver o mundo tão frio
Diante da própria beleza

Se puder, tente não notar
Meus tortos caminhos
Pois escrevo pra lembrar
De como estou sozinho.

Nascemos nus e
Morremos vestidos
Para acreditar que estamos despidos
E poder dormir

Mas não sou eu
Quem vai decidir...
com o que vou sonhar.
(o que vou sonhar?)

Se puder, tente não notar
Meus tortos caminhos
Pois escrevo pra lembrar
De como estou sozinho.

Estou tão sozinho...

Nenhum comentário:

Postar um comentário