Tempo virado

Tempo virado
Questões de Francesca

domingo, 25 de maio de 2014

Sonhos breves que se diluem silenciosamente por entre as mais cotidianas violências.

Frágil brilho que se fosca pelas intermutáveis constâncias de uma outra noite escura.


A pele se distende ao lhe tocarem os longínquos sopros daquilo que um dia quedou mudo. A ruptura silenciosa é a única a se fazer sentir diante do ruído da continuidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário