Tempo virado

Tempo virado
Questões de Francesca

domingo, 8 de janeiro de 2012

O nascer de seu Sol

Contemplo contigo a beleza da incerteza
Quando o risco é um recurso me abasteço de tormenta
Sei que é a viagem, e não o destino, a recompensa

Em um universo paralelo, onde o sol é seu sorriso
velejo junto a ti em águas turbulentas e escuras
deixando-me cair tranquilo no multiverso colorido

Perdoe-me se às vezes quero deitar em seus lábios
Que como pétalas se abrem ao sol nascente
Sonho vestido com seu cheiro de calor extasiado

E depois de um dia quente sobre o arpoador
Fumando os ventos que sopram a sudoeste
Destilamos da noite, enfim, nosso profundo amor

Um comentário: