Tempo virado

Tempo virado
Questões de Francesca

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Nostalgia Reversa

Não tenho muita intenção de escrever algo muito bom dessa vez. Escrevo agora para registrar - quem sabe para a posterioridade - a minha felicidade hoje ao lembrar de certas coisas do passado, e ver onde estou agora. É muito bom ver antigos amigos fazendo o que sempre sonharam, conquistando seus sonhos pouco a pouco, e sentir que eu também estou caminhando pela estrada certa.

Estou hoje como nunca estive: calmo, alegre, sereno e impulsivo. Sigo minha vida sóbrio, mas sem perder a paixão de viver. Não preciso mais estar bêbado para me sentir leve, não preciso mais estar entorpecido para pensar fora da realidade. Sinto-me cada vez mais harmonicamente integrado com tudo à minha volta.

Sinto-me, talvez, cada vez mais quem eu sou de fato.

Essa nostalgia reversa que me acomete agora, com essa saudade projetada de hoje, lembrando do ontem, é algo que eu nunca experimentei antes. É algo totalmente diferente e único, algo que não creio que vá se reproduzir novamente. É e não é ao mesmo tempo, está por um triz em sua imensidão imperativa, colocando-se imponente mais firme do que a probabilidade.

Sigo, pela primeira vez, confiante.


Nenhum comentário:

Postar um comentário