Tempo virado

Tempo virado
Questões de Francesca

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Soma improvável

Nada é certo, muito menos a incerteza. Pouco sei, senão nada, mas que meu amor pulsa, se espalha e engradece, englobando tudo à sua volta. Minha vida não passa de externalidade, algo pouco, quase nada, quando comparada ao que somos.

O amor é a única soma em que dois são um, e que esse número é muito mais do que dois, mas o Infinito por si mesmo, possível, mesmo que impalpável, mas sim, tangível.

É, somos mais. Somos muito mais do que sabemos agora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário