Tempo virado

Tempo virado
Questões de Francesca

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Muitas palavras, pouco sentido

Notícias corridas, coisas vividas, tudo faz parte da vida.

Visando a mim mesmo, com tiro certeiro, acertando no que resta de mim.

Pode ser coisa pequena, um telefonema, uma tarde por fim.

Essas são como pouco tidas, uma carta não lida, talvez correspondida. Quem sabe?

------------------------------------------

Chegando ao destino, pergunto-me a que me destino

Compartilhar meu sentimento e me inscrustar no encerramento

De tudo que havia, havia o melhor aqui dentro?

Mas sim, resisto, porque a vida não pode ser só isso.

Esse chá de sumiço, que tomo para aparecer só pra ti.

Entro, e lá dentro eu sinto: enquanto aí estiver, não desisto.

-----------------------------
Há interiores mais profundos.
------------------------------

A luta é a mais forte das questões. A questão é a maior das lutas.
De pouco me vale o que sou. Sou quase nada, perto daquilo que há diante de mim. Eu ouço a pergunta, para depois dizer o tão esperado...

Nenhum comentário:

Postar um comentário