Tempo virado

Tempo virado
Questões de Francesca

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Questões de amor (de novo)

Eu sei, eu sou meio chato quando trato desse tema. Mas é porque é difícil, não consigo me achar nessa questão, não consigo me entender. Minha confusão é a única constante dessa função, é a única coisa que posso garantir que existe em mim quando se trata desse sentimento.

É sempre algo maravilhoso, estar apaixonado. O problema é fazer a pessoa se apaixonar por você. Quando você menos espera, encontra-se dentro dos jogos de azar do amor, no qual escondem-se de ambas as partes o sentimento pelo outro. Acho isso tudo tão cansativo. Infelizmente, tudo isso parte do pressuposto de que as pessoas gostam do que não têm, um argumento que recuso completamente.

Primeiro que ninguém tem ninguém. É aquela questão do sentimento fluido que eu falei antes, que pode surgir e desaparecer com igual velocidade. Depois que eu acho que quando as pessoas gostam do que não têm, é porque não sabem ver de fato o que elas têm.

Eu, por exemplo, amo os amigos que tenho. Amo a vida que tenho. Amo tudo que pertence ao meu círculo social e pouco penso sobre o que não possuo.

Quando eu gosto de uma pessoa, eu quero estar com ela. Quero poder dizer: amo viver minha vida com você nesse momento. Quero poder falar sem medo de assustar ninguém que a minha a vida é muito melhor quando estou com a pessoa que amo, não é difícil entender isso.

É, eu já fiz muita merda pensando assim. Já afastei algumas pessoas, já sofri muito e provavelmente ainda vou sofrer muito mais. Mas essa é a vida que escolhi, esse é o meu jeito de viver. Pode não ser o melhor, mas é o que tenho.

E eu o amo.

17 comentários:

  1. Leitora de blogs alheios16 de novembro de 2011 11:42

    Difícil tentar entender o amor. Acho que não dá, é igual lei da física ." Aceitemos e pronto". Mas talvez o maioria dos nossos problemas esteja nas regras que as pessoas criam pra tudo, até pra algo tão indefinível e ilimitado como o amor.

    ResponderExcluir
  2. querido, que ha de ser entendido quanto sentimentos? se nao sao todos truques de uma mente velha o que mais seriam eles? nunca amei quando nova, creio que voce tambem nao. amor, querido, nada mais que os primeiros sinais de cenilidade

    ResponderExcluir
  3. As leis da física a gente entende... hahahahaha, concordo com você "leitora de blogs alheios" (fiquei curioso pra saber qm vc eh), as pessoas começam a colocar regras, rituais e tradições pra algo que, além de indefinível e ilimitado, é algo singular para cada um (ou dois), tento de vez em quando fugir delas, mas as pessoas estranham..

    ResponderExcluir
  4. e bruna.. sei la, apesar de ser extremamente complicado, eu ainda procuro entender esse sentimento que é o amor. não gosto de simplificá-lo ou de reduzi-lo a uma fraqueza humana, acho que amar é dos atos mais corajosos e perigosos que você pode realizar.

    ResponderExcluir
  5. eu tava escrevendo que nem uma pessoa aleatoria, pq voce nao pode fingir que nao me conhece (bruna) mimi eu so criei um personagem

    ResponderExcluir
  6. Leitora de blogs alheios16 de novembro de 2011 14:34

    Também me recuso a ver o amor como mais uma ilusão humana. As leis do mundo natural a gente até entende mas não sabe porque elas existem, são mistérios também.

    ResponderExcluir
  7. Leitora de blogs alheios16 de novembro de 2011 14:40

    Tentar viver qualquer coisa espontaneamente também é muito difícil. É complicado ser natural e autêntico quando somos condicionados a tantos "you must be this way ".

    ResponderExcluir
  8. É dificil, não impossivel. o problema é que os outros não querem que seja assim..

    ResponderExcluir
  9. amigo querido, voce fez esse blog so para conquistar femeas, admita. amor nao é uma ilusao. sao hormonios reagindo em todo o seu corpo. é lindo de qualquer forma, mas sao hormonios...

    ResponderExcluir
  10. essas tentativas de libertaçao na qual as pessoas simplesmente sentam a bunda e filosofam como o mundo seria melhor sao completamente invalidas. no meu pensamento eu ja peguei uma bicicleta e fui viver viajando. a logistica disso é muito complicada, nao basta simplesmente querer, o mundo nao é feito do simples impulso, nao sao desejos que podemos realizar pelo simples querer. coloquemos no jornal um anuncio pedindo por pessoas que concordassem com um sistema onde todos sao de todos. apareceriam milhoes de pessoas, mas existe uma parte biologica em relacionamentos que existe com finalidade de criar um nucleo familiar onde crianças crescem. as pessoas precisam deixar muito definido o que pode e o que nao pode, mal ou bem É um contrato social, e isso nao é um luxo (ou uma restriçao) puramente humana.

    ResponderExcluir
  11. Leitora de blogs (de novo...)17 de novembro de 2011 13:01

    Tá, regras são necessárias. Mas ter regras pra nortear relacionamentos, modos de vida etc só aprisiona e angustia as pessoas.

    obs: virou conversa de mesa de bar kk

    ResponderExcluir
  12. hahahahah, discordo totalmente. pra mim, o amor não tem regras. um relacionamento não pode ter regras. acho que, nesse caso, devemos esquecer nossos contratos sociais e o que aprendemos, para assim aprendermos tudo de novo.

    E, não, Bruna, eu fiz esse blog quando eu estava com a minha primeira namorada ainda, não tinha interesse na época em ficar com outras garotas. E meu blog não serve pra isso, eu nem conheço as garotas q estao lendo isso aqui. E também discordo do fato do amor ser biológico, acho que há algo por trás.

    - Daniel Duque

    ResponderExcluir
  13. amigo, a gente se conhece a tanto tempo e voce ainda nao entende quando eu to te zoando? as regras nao sao algo que voce decida assim, elas sao imbutidas em voce, é algo cultural, nao tem como simplesmente esquecer. para ignorar as regras seria preciso entende-las e depois construir um conceito convincente para elas estarem erradas. (falo regras de um amor correspondido)

    ResponderExcluir
  14. Eu sei que não é algo fácil de se negar, mas é possível.

    A libertação nunca foi algo usual, nem muitas vezes desejado. Mas eu acho que só poderemos amar plenamente se estivermos de fato livres das regras do jogo.

    ResponderExcluir
  15. se liberte entao! senhor romantico incuravel, voce sabe que é verdade, e voce esta quase totalmente livre, agora só pula logo

    ResponderExcluir
  16. Senhor romântico incuravel é exagero..

    ResponderExcluir
  17. estava me utilizando da minha natureza dramatica...

    ResponderExcluir